Correia dentada é uma correia larga com dentes internos que permite aplicações onde o esforço de transmissão de movimento é elevado, como as árvores de comando de válvulas e nos compressores de sistemas de superalimentação.

A correia dentada deve ser verificada ao completar 40.000 km para ver o desgaste, conforme a condição poderá ser prolongada a utilização até 50.000 km. A utilização polongada pode causar a ruptura podendo acarretar a danos ao motor.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)