Especialistas estimam que dentro três anos os carros que circulam no Brasil poderão trocar os painéis dos modelos, por um display de LCD reconfigurável. O motorista poderá escolher qual a informação ficará presente na tela, como velocímetro, temperatura do carro, o consumo, conta-giros, etc. Além de escolher qual a informação que será exibida, o motorista ainda poderá alterar a cor, o desenho e até a fonte das letras e números.

Esta tecnologia já é empregada em modelos mais importados mais luxuosos e carros-conceito como de algumas montadoras como a General Motors (Continental e Cadillac), a Ford e BMW.

Apesar de o novo painel ser semelhante a uma tela de computador ou celular, a tecnologia emprega é mais complexa, pois o dispositivo terá que ser resistente a altas temperaturas, vibrações e transmitir os dados em tempo real.

Conforme Iaran Gadotti, gerente de engenharia da Continental,”Apesar desta tecnologia estar disponíveis a algum tempo La fora, é uma tecnologia que ainda esta em crescimento”.  “Devido aos recursos oferecidos, essa tecnologia custa até três vezes mais que o modelo convencional, mas a tendência é que conforme a demanda estes preços caiam podendo chegar aos modelos de entrada”, diz Iaran.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)